Dança Contemporânea

Por volta da década de 80 começaram a surgir novos sistemas e conteúdos desenvolvidos a partir da dança moderna e pós-moderna que deram origem ao que atualmente se designa de Dança Contemporânea. Esta nova dança veio provocar uma rutura com a tradição do ballet. O Contemporâneo não tem uma técnica com uma linguagem única pois concede espaço à individualidade do intérprete, valorizando a transmissão de sentimentos, ideias e conceitos.

Neste sentido, nesta aula é constantemente reforçada a importância da experimentação coreográfica, onde os alunos recebem estímulos para desenvolverem interpretações de movimento que os conduzem à criação final, seja individual, em duo ou grupo.